SETEMBRO DE 2015

PUBLICAÇÃO DE (01 de Setembro de 2015) – (mais recente)

Querido diário, sei que é clichê dizer “querido diário”, mas acho bem legal essa linguagem descontraída nesse ambiente, também sei que sou um pouco maluco, mas isso não vem ao caso… (risos) Agora é sério,  não quero que isso soe “piegas”, mas hoje – ontem -, (lembrando que digito de madrugada), tive um dia bem complicado, até é estranho eu estar tão animado, mas eu procuro não deixar os dias ruins influenciarem minha comunicação com vocês. Então, ontem tive um dia muito ruim, eu não estava conseguindo me concentrar nem nos exercícios, fiquei quase uma hora no mesmo exercício, errando nas mesmas tolices, e não me conformava, então parei, tentei… tentei… parei… E nada! Saindo do cursinho, já me sentindo um “lixo humano”, eu fiquei mais chateado ainda porque lembrei que tenho provas e dívidas para arcar… Mas, sabe.. Eu consigo lidar sempre com isso, mas nos dias ruins os problemas parecem se multiplicar e você se sente cada vez mais incapaz… Ainda tem mais, pelo fato de não estar conseguindo resolver o exercício – não por incapacidade -, um colega meu que sempre gosta de ver o que estou fazendo e fica querendo resolver os exercícios por mim (como odeio isso), parou e ficou olhando minha resolução e perguntou se eu queria que ele tentasse fazer a questão, eu disse que estava tudo bem, que já havia resolvido o exercício antes e que estava vendo outra maneira de resolvê-lo. Então ele me deixou em paz. O pior é que nos dias ruins isso sempre acontece! Não que eu seja um rabugento, é que gosto de chegar às minhas conclusões, no dia da prova não terei ninguém para fazer a questão por mim… Depois de tudo isso, eu fui pegar o trem, e o que aconteceu? Perdi meu trem! Quando peguei o outro, já estava cansado e sabendo que chegaria atrasado no serviço, sim! Serviço. Eu trabalho de madrugada. Então, dentro do trem fiquei refletindo e coloquei uma música bem deprê no celular, fui pensando em como meu dia foi péssimo e como eu estou distante do meu sonho – visto que quebrei a cabeça no exercício e não resolvi -. Daí, veio um pensamento tão profundo, que sempre chega no momento certo. Antes de revelá-lo, preciso dizer que às vezes é bom você sofrer e sofrer de verdade! Nós tentamos sempre ocultar nosso sofrimento num dia ruim, com sorrisos, com máscaras de uma falsa alegria, não é sempre que somos alegres! Isso faz parte da vida, não devemos expressar e descontar isso nos outros, mas é bom sofrer sozinho em alguns momentos. Esse sofrimento que trouxe o pensamento que eu iria referir. Refletindo, lembrei que um dia não vai destruir os anos que estou batalhando, aliás, a aprovação nada mais é que o somatório dos dias em que você superou seu sofrimento. Eu superei mais um dia triste, nada como um dia após o outro. Clichê, porém, real. Saber que os dias são diferentes pode ser angustiante, mas a monotonia é mais angustiante ainda! Às vezes é bom passar por isso para ter a capacidade de refletir e sair da monotonia que essa rotina de anos tenta nos provocar. Lembrar que o que fazemos tem um motivo, o meu: amor pela vida.


 


 

 

7 comentários em “SETEMBRO DE 2015

  1. Encontrei esse blog (maravilhoso por sinal) pesquisando no Google sobre “sugestões de cronograma de estudos para vestibulandos de medicina”. Achei o blog, li algumas publicações, alguns depoimentos, as dicas de quem estuda em casa e me identifiquei em absolutamente tudo.
    Tenho 20 anos, sou pernambucana, fiz 2 anos de engenharia, tranquei e depois de 6 meses parada decidi estudar visando o curso de Medicina. É uma decisão complicada, de renúncias e principalmente de desafios. Comecei a estudar pra valer meio tarde (em agosto de 2015) e talvez esse não seja o meu ano, nem o ano que vem. Ou talvez seja. Eu simplesmente não sei. Mas eu estou tentando, eu estou renunciando e eu estou me desafiando. Crises existenciais eu tenho todas as semanas, porque eu adoro sair, viajar, curtir e agora eu reduzi isso por muito mais que a metade. Saio pouco, estudo bastante e é nessa fase que descobrimos os nossos verdadeiros amigos, quem são os amigos de farra e os amigos da vida. No momento eu estou estudando apenas em casa, mas se esse não for meu ano, em janeiro de 2016 vou me inscrever em um cursinho e “ferrar” com a vida dos meus concorrentes porque vou estudar mais, me organizar mais, mais do que estou fazendo atualmente. Esse blog é um pilar, uma “fortaleza virtual” para as pessoas que se encontram na mesma situação que eu. Por isso eu digo, não há nada que não possamos fazer nesse mundo. E esse sonho é meu, eu vou realizá-lo. Que os de vocês se realizem tanto quanto, se há espaço para mim, há espaço para cada um de vocês fazer a diferença na medicina do nosso país. Força na batalha! Grande abraço ao escritor (incrível) desse blog! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá, Andressa! Fiquei muito contente com seu depoimento. Eu não comecei cedo também a busca pela Medicina, no meu caso, não tive uma boa base, tampouco, estímulos ao que seria “Vestibular”. Eu não sabia nem o que isso era! (risos). Depois que me formei no Ensino Médio Público Estadual (2009), demorou para eu entrar definitivamente na corrida pela Medicina, eu diria que só comecei a competir de verdade em 2013. De 2010 à 2012 eu apenas dei uma reforçada na minha fraquíssima base. Ano passado mesmo, eliminei todas as defasagens em Matemática, esse ano só apliquei, não tô com problemas de conteúdo, só estou aplicando. E por mais que eu tenha me reforçado muito, e ainda que eu esteja infinitamente superior ao Alexandre que iniciou a busca por um sonho incerto (antigamente), não faço ideia se passo esse ano. Mas uma coisa posso afirmar com convicção, eu vou realizar esse sonho. Parabéns pela sua determinação, continue batalhando e não pense se será esse ou os próximos anos, apenas dê o seu melhor como você está fazendo. O resultado será consequência de todos os dias que você ergueu a cabeça, e por mais que estivesse cabisbaixa, retomou e continuou batalhando pelo seu sonho. Beijos, e muito obrigado por fazer parte dessa legião de futuros médicos que estão com muita vontade de deixar uma marca de amor na vida dos outros. E antes que eu me esqueça, adorei o “incrível”, isso é um grande motivo pelo qual não abandono esse projeto.

      Curtir

  2. Eu simplesmente amei esse blog!
    Ler cada depoimento não só me motiva, como também me deixa ansiosa para viver logo essa rotina de quem ta correndo atrás da aprovação para Medicina, já que me encontro numa situação de deficiência física (temporária) e, depois de muito analisar, cheguei à conclusão que devo parar um pouco e me recuperar, visto as sequelas de todo esforço que estou tendo que fazer para concluir o ensino médio. Por ser uma situação na qual meu organismo é “quem manda”, não se sabe ao certo quando isso vai acabar. Porém, planejo nesse tempo de “descanço” estudar em casa contando com a ajuda de roteiros, dicas e motivações do blog e, quando estiver recuperada, estar partilhando minha alegria de poder correr (literalmente já que vou estar saudável das pernas e não precisar do auxilio de muletas) atrás do sonho de ser médica. Queria muito agradecer a você, Alexandre, pela iniciativa do blog e por estar ajudando a mim e a todas as outras pessoas que também acompanham.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigado pelo depoimento, Ailla Zaianny!! Fico muito contente por cada palavra sua, pode ter certeza, tudo vai dar certo! Conclua o Ensino Médio sem se cobrar tanto, vai só planejando o ano que você irá iniciar, dedique-se no Ensino Médio, assim você não deixa de aprender. No máximo, resolva algumas provas no tempo vago, sem muita pressa, só pra conhecer e ver onde você terá que trabalhar… Depois, quando estiver livre para se dedicar de verdade, dê seu máximo para se dedicar à esse objetivo. Aproveite bastante agora, depois dedique-se como nunca. Tudo vai dar certo, te garanto! Se você quer isso, seja bem vinda à Medicina! Ela precisa de pessoas como você!! Beijos, e força!!

      Curtir

  3. Oi! Acabei de descobrir esse blog e na verdade eu nem lembro a partir de onde eu achei! Só sei que do nada entrei em um universo totalmente voltado pra mim! De verdade,me indentifiquei demais com o seu blog! Estou devorando todas as matérias e a cada momento que passo a mais aqui,tenho muito mais certeza de que vale a pena lutar pelo que eu quero! Queria dizer que você é muito esforçado rapaz! Estou em choque! E acredite,ganhou mais uma na sua torcida! Espero que passe esse ano na tão sonhada Universidade (seja ela qual for),só de fazer tudo isso funcionar você já merece! Muito obrigada mesmo! Essa página é incrível! Beijo e até as próximas matérias!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigado, Laura!! Fico contente pelo seu comentário, até adicionei você no Facebook kkkkkk. Pode ter certeza que dará tudo certo, continue batalhando e alimentando sua alma de muita motivação, pois tudo acontecerá. “Quem acredita sempre alcança” e “temos nosso próprio tempo…” Renato Russo nos conhecia melhor que nós mesmos (risos). Beijos, boa sorte.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s