Palavras, novidades e motivações…

images
Olá, caros! Tudo bem com vocês?
Então, mais uma vez digo-lhes sobre os contratempos, fiz o ENEM e a UNESP, mas creio que não irei para segunda fase da UNESP…
Mas, chega de desânimo! Uma prova não pode definir o quão você é bom, médio, ruim, péssimo, nada… (sempre quis fazer “gradação”, me sinto um poeta…rs)
Apesar de certa ironia com minha condição, verdade é que tenho muita esperança de concretizar meu sonho esse ano. Uma coisa que gostaria de dizer-lhes antes de um papo que devemos ter… Se vocês não conseguiram bons resultados nesse início de vestibular, calma gente! Não adianta querer “bitolar” agora, vocês fizeram o possível durante todo o ano. Eu mesmo, é óbvio que existe a possibilidade de ser reprovado, tal qual, também há a de ser aprovado. Devo suicidar-me por isso? NÃO! A vida continua, não se esqueçam de que há vida dentro de vocês; não vencemos algumas batalhas? Mas, não perdemos a guerra! Ela continua viva dentro de cada um de nós, eu não deixarei meu sonho morrer por alguns fracassos, ele nunca esteve tão vivo dentro de mim. Acho que o Jubilut do site “Biologia Total” tem toda razão! Você tem que lutar pelo seu sonho com muito ódio (não deem risada), isso é verdade. É assim que devemos fazer as provas, nada de medo! Substitua-o por ódio! Assim, você terá ódio da prova, fará de tudo para destruí-la, mostrar para ela quem é que tem vida, pois esta (a prova), não passa de “papel borrado de tinta”, você é um organismo complexo, cheio de reações metabólicas e muito mais, cheio de vontade, o que o faz estar lendo essa postagem, buscando recarregar suas energias para continuar caminhando, pois a batalha não será entregue, você não desiste! Eu sei disso, pois está aqui. Temos que enfrentar as crises com muita força e vontade de superá-las. Acredite, é nos momentos difíceis que você encontra fortalezas que tanto desconhecia ter.

QUAIS NOVIDADES ESTOU QUERENDO EFETIVAR PARA O BLOG?

Uma delas é criar vídeos direcionados ao BLOG, já tive essa ideia, mas não consegui efetivá-la neste ano, pretendo ter uma área só para os vídeos, mas além de tê-la, quando for publicar, deixo fixo na área e publico nas postagens atuais, para vocês receberem as notificações.
Além dos vídeos, quero muito ter mais tempo para digitar no “Diário”, acreditem, eu tento ter tempo, mas a vida não está fácil…. (vocês sabem, VDM’s)… rs
A vida de um Vestibulando de Medicina é muito agitada e cheia de compromissos, mas se tudo correr conforme o planejado, teremos tempo para tudo. Ainda mais se eu for aprovado esse ano, terei mais áreas de estímulo aos membros. Porém, se a aprovação não for efetivada, continuarei batalhando e não abandonarei vocês.
Estou organizando meu quarto de estudos (postarei a foto para vocês em breve), o local onde criarei os vídeos para vocês, e onde pretendo passar boa parte do meu tempo (se não for aprovado), tenho vários projetos para 2016, todos eles incluem o Blog e minha vida como Universitário ou VDM, sempre digo isso pessoal, você se prepara o suficiente, se supera, se vence… Mas, apesar de todos os esforços, tudo acabará sendo consequência, as possibilidades são as mesmas, 50% de obter êxito, 50% de fracassar. Por isso, só faça seu melhor, esteja satisfeito se seu desempenho foi superior ao ano anterior, acredite! Nessa luta, conhecimento é cumulativo. Chegará um momento em que nada tira essa vaga de você! Eu digo isso, pois muitos veem anúncios “garoto passa com 15 anos em 18 vestibulares de Medicina” e “blá, blá, blá…” Gente.. Sejamos realistas, essas pessoas são exceção, não pegue isso de exemplo… Se você é prodígio, essa página nem deveria estar em suas favoritas! Eu mesmo, proprietário do Blog, criei essa área para pessoas como eu, que lutam dia pós dia, que comemoram a evolução, que desanimam, mas que são cientes do amanhã! Que hoje sofremos, mas tudo valerá a pena quando o nosso nome aparecer na famosa LISTA DE APROVADOS. Que graça tem ter tudo com a maior facilidade do mundo? Será que valorizaríamos tanto esse sonho se fosse fácil de entrar? Acredito que sua resposta seja não. Mas, se não for, compreendo.

Motivações…

Então, caros…
Muito obrigado pelas mensagens que tenho recebido, esse projeto era pequeno, não pensei que iria tão longe… Era uma forma de encontrar pessoas como eu, crescer com elas e compartilhar experiências sem aquela “rivalidade” de um ficar cobiçando a vaga do outro. Isso pra mim é uma tolice. Todos temos nossa vaga ou nossas vagas, mas para carimbar nosso nome na lista ou nas listas, precisamos enfrentar todos os demônios que existem dentro de nós, para sentar e estudar. Nada vem sem esforço, sem renúncias. Tudo tem um propósito, se o seu for passar e se vencer, melhorando cada vez mais como ser humano, somos iguais!
Como eu sempre digo e repito, sou experiente, mas errante, pois sou ser humano; se você é um “sabichão” e me julga incapaz por ainda não ter entrado em Medicina, e ironicamente, ser dono deste Blog, continue com essa mentalidade, pois sua vaga pode surgir, mas será que você terá uma profissão promissora? Será que a valorizará? Eu faço isso por “N” motivos, mas o principal é por amor. Não digo que não há interesses de ascensão pessoal, social, etc. Eu estaria mentindo. Mas, passei por todas as etapas, sofri muito (ainda sofro), e quando me realizar, meus futuros pacientes poderão contar com um Médico dedicado de corpo e alma, não há dinheiro que compre um “obrigado” sincero. Repense suas escolhas se você se julga melhor que os veteranos, e os vê como incapazes… Aliás, deve-se haver respeito mútuo, ou recíproco (se preferirem), até nós veteranos devemos assumir que erramos. Eu sou o mentor desse Blog, mesmo assim assumo abertamente à vocês! EU TAMBÉM ERRO! Estamos no mesmo barco, caros. Então, quero pedir desculpas pelas “delongas”, não esperava dar “broncas” implícitas em um público que não gostaria de ter nesse projeto. Gosto de pessoas humildes, que são esforçadas.
Li isso no blog ou livro de alguma pessoa que me inspirou criar meu Blog… No tempo de cursinho havia um rapaz, o tratarei por (A), era o mais inteligente da turma, o rapaz (B), (que sempre ficava entre os medianos) era muito esforçado. Certo dia o rapaz (B) depois de ter ralado muito por seu esforço, conseguiu ser o primeiro num dos simulados, então, o rapaz (A) veio e disse que ele pode ter ficado em primeiro neste simulado, mas que ele não era inteligente e sim esforçado (disse isso se gabando pois sempre ficava em posições muito boas, nada medianas). Então chegou o vestibular, o rapaz (B) que é o esforçado (se as letras confundiram ), passou em Medicina numa instituição pública de renome, e ficava se perguntando o que houve com o rapaz (A). Mais um tempo passou, o rapaz (B) já estava no segundo ano de Medicina, até que viu num local o rapaz (A), os dois conversaram (já sem ressentimentos) sobre a vida e o que cada um andava fazendo de bom. O rapaz (B) disse que estava feliz no segundo ano de Medicina e que era tudo o que ele queria, dizendo que todo esforço valeu a pena. O rapaz (A) disse que não havia passado, e havia desistido, daí fez um curso alternativo para justificar aos pais, e estava muito triste pois não era seu sonho, e tinha medo de largar tudo para buscar a Medicina, pois não sabia nem por onde começar. Os dois se despediram, e o rapaz (A) disse ao rapaz (B) palavras similares a esta: “Cara, desculpa mesmo ter falado que você não era inteligente e era só esforçado, veja, de que adiantou apenas a inteligência sem o esforço?”
Então, caros! Desculpem pela história um pouco longa, ela é verídica! Tentei adaptar ao máximo, talvez (aos que conhecem essa história), eu tenha esquecido algum detalhe, ou acrescentado algo… Faz tempo que li, foi uma das histórias que me ajudaram a buscar motivações para continuar tentando incansavelmente  esse sonho. Mas, a essência é essa! Independente de você se achar inteligente (suficiente ou não), seja esforçado. Isso é o que te dará forças para continuar caminhando e acreditando. Não basta ser inteligente apenas. Esforce-se! Dê sua cara à bater, vá à LUTA!! Você está vivo, passar só depende da sua vontade e do seu esforço. Não depende de mais nada, se você está sendo reprimido, ou sentindo-se assim, lembre-se! Daqui há alguns anos se você acatar à ideologia de quem te reprime, pode ser tarde demais para voltar atrás e buscar o seu sonho! Sim, caro. O que eu quis dizer é que você tem que buscar seus sonhos por você, às vezes por proteção, as pessoas que nos amam dizem coisas para nós buscarmos algo diferente e que não nos faça sofrer! Mas, eles nos amam. Querem nos proteger e não querem nos ver sofrer. Buscar Medicina é um sofrimento grande, até o alívio de ver nosso nome na Lista! Pra chegar nessa Lista, temos muitas provações, às vezes para nos privar de todo esse sofrimento, as pessoas que amamos tentam fazer a gente buscar algo mais fácil e rentável, para vivermos bem, sem sofrimento. Mas, em qualquer escolha, vamos sofrer! Ainda mais se essa escolha não for o que buscamos. Porém, se for o que buscamos, sofreremos sim. Entretanto, esse sofrimento será suprimido pela alegria de ser o que sempre buscamos! Força caros, estamos vivos. Se alguém quiser manifestar algum agradecimento, ou compartilhar alguma coisa, sintam-se à vontade! Sejam ativos, estamos juntos nessa luta!

Algumas palavras confortantes pós ENEM…

uy
Há um tempo hesitei se criaria esta postagem, mas estava esperando me sentir melhor para isso. Tudo está muito corrido, as coisas estão estranhas… Mas, estou bem e sempre respondo e tiro as dúvidas dos membros do BLOG, vocês são uma família pra mim também.
Primeiramente, caros. Gostaria que vocês não ficassem se lamentando por resultados ruins, nem tudo sai da forma que desejamos. Eu não obtive o que foi planejado nas questões objetivas do ENEM, mas compensei maravilhosamente na Redação. Após um resultado ruim, você deve ser muito racional. Não adianta querer jogar fora em um dia o esforço diário e cansativo que você teve para chegar bem no dia da prova. Agora eu questiono. Foi por falta de conteúdo? Conhecendo as indagações de vocês, acho pouco provável que seja. Pode ser! Mas, na maioria dos casos a ansiedade antes da prova, o medo de ir mal, a insegurança, acabam tirando a confiança que foi conquistada dia pós dia, suor pós suor…
Não sei se vocês terão mais provas (acredito que sim), só peço que reflitam para ver o que houve e tentem corrigir isso nas provas que restam. Não fiquem cobrando perfeição, vocês já conseguiram se superar para estar aqui, pra que querer ser o melhor de todos, vocês só precisam ser melhores que vocês já foram no passado, por estarem aqui, isso já é parte do processo! Vocês são melhores do que já foram em anos retrógrados. Outra coisa, não queiram cometer o erro de ficar pensando “esse ano vai”, “ano que vem vai”, “se não der esse ano, farei de tudo pra ser o outro”, gente! Não caiam nessas “armadilhas cerebrais involuntárias”, só façam uma coisa: deem o melhor em cada prova, tentem não sofrer impactos de ansiedade (pra isso, relaxem e não se “bitolem”), e saibam reconhecer suas qualidades, nós só sabemos nos cobrar e não temos a mínima coragem de dizer que merecemos passar, às vezes essa atitude de ter medo de reconhecer nossos feitos se deve à insegurança diante do Vestibular… Mas, calma gente! É só “papel e tinta”, vocês são muito maiores que isso, vocês são vida, vocês pulsam, vocês vibram, choram, ficam nervosos, ficam bravos, ficam felizes, vocês estão vivos! Chega de lamentação povo! Tivemos baixas, mas a gerra não foi perdida, ela continua e haverá a batalha da vitória! Vocês se prepararam para esse dia. Então, levantem a cabeça e vamos com tudo! Não se esqueçam que sou Vestibulando de Medicina como vocês, estamos juntos nessa caminhada. Somos uma família, tudo dará certo. Perdoem pelo tempo que levei para criar alguma postagem, eu estava um pouco “estranho”, tudo corrido, tudo sem graça, uma tristeza desconhecida, mas estou bem. Eu não queria deixar essa falta de “vivacidade” atingir meus textos e comprometer a absorção de um sentimento positivo por vocês. Quero que vocês tenham o melhor de mim, e que sejam cada vez mais motivados à persistir. Por isso, gente. Vejam onde falharam, não cometam os erros nas provas que faltam. E não desanimem! Esses fatos acontecem, é como você errar aquela questão boba que você sabia, não há sensação pior, mas quer uma verdade? Depois de errar essa questão por bobeira, você nunca mais erra!! Isso é um fato vivido por mim… rs
Abraços, e força! Ainda estamos vivos e firmes!!