Plano de Estudos de 2018 – Elucidando alguns pontos

Fala galera! Para quem não leu a postagem, gravei hoje esse vídeo. Sintetizei algumas coisas, mas, caso tenham dúvidas é só perguntar. Só faltou dizer das provas, sobre elas, resolverei os simulados do Hexag e farei também provas antigas. Então, continuemos a nadar antes dos resultados…rsrs
Abraços!

Anúncios

Sugestão de Material – Alteração pontual no Plano de Estudos

vestibular-2

Fala galera! Fiz uma alteração no material que utilizo no Plano de Estudos. Vi que era mais vantajoso utilizar uma apostila diferente esse ano. Que trouxesse o direcionamento que eu precisava. Pesquisando materiais no início dessa semana, eis que visualizo a mais completa para utilizar com o plano que montei, é a que mais converge com ele. Pra quem estiver curioso é a Coleção do cursinho Hexag. E justificarei o porquê de utilizá-la…

Motivos que me fizeram optar pela coleção do Hexag:

  • Teoria aprofundada e atualizada. Fiquei bem animado com o nível de aprofundamento, a abordagem mais clara dos assuntos (sem enfadonha enrolação) e a constante busca de um ensino atual e interdisciplinar, que condiz com o que os vestibulares estão cobrando. Fora que eles deixam várias sugestões de vídeos complemento no final de cada módulo.
  • Exercícios orientados e atualizados. Achei de fato um grande diferencial e que me fez optar pelo material deles. O grande problema que encontro nas apostilas que vejo dos outros cursinhos, inclusive a que iria utilizar novamente do Objetivo, é que muitos exercícios são desatualizados, não caem mais exatamente da forma que elas estão trazendo. E outra, a mistura de exercícios desagrada quem quer direcionar os estudos aos principais vestibulares de Medicina. A grande vantagem da apostila do Hexag (e quem usou sabe) é que eles trazem tudo muito organizado. Você tem exercícios orientados por sessão de Aprendizagem, Fixação, Complementar, Dissertativo, Enem, Uerj e Objetivas (Unesp, Fuvest, Unicamp e Unifesp). Isso me surpreendeu positivamente. Eu buscava um material organizado desse jeito. E nem imaginava que era disponibilizado gratuitamente. O Hexag tem um projeto social para vestibulandos de baixa renda que querem ingressar no curso de Medicina, mas que não possuem condições de fazer um cursinho presencial (ressalvo que eles também oferecem prova de bolsa pra quem se interessar), no site há a distribuição desse material com todo o roteiro de aprendizagem, com os simulados, calendário, cronograma, estudo orientado, apostilas complementares, apostila UTI (para revisão dos dois últimos cadernos estudados), atualidades, análise de obras literárias e RPA (apostila específica para as principais provas, com exercícios apenas destas). Fiquei maravilhado e já comecei a utilizar a coleção deles na terça-feira. Para os assuntos que já estudei, só fiz os exercícios do que faltava por ela e cheguei a ver a teoria de assuntos específicos. Fiquei maravilhado com a coleção deles. E por esse motivo acharia injusto não dizer para vocês da qualidade desse material. É, desse modo, o que mais recomendo! Existem outros materiais que serão postados ao longo do ano que eles utilizam no cursinho presencial, tal como a renovação dos simulados, RPA, etc… E vocês podem baixar tudo no site deles, no campo Hexag Solidário, é só clicar no nome lincado.
    Quem quiser saber mais, é só entrar no site deles: http://www.cursinhoparamedicina.com.br/
    Não estou recebendo nada para fazer propaganda. É que quando vejo algo de qualidade exímia como esse conteúdo, acho válido compartilhar. Já que muita gente aqui precisa desses materiais.

Considerações Finais

Espero que façam bom usufruto os que precisam de material. Eu recomendo esse pelo fato de já ter iniciado e ter aprofundado bastante a metodologia antes de tomar tal decisão. Lembrem-se: o que faz com que você tenha resultados diferentes, são atitudes diferentes, sem medo de ousar! É o que eu fiz. Não adiantaria querer um resultado superior ao que tive, utilizando o mesmo material, com exercícios que eu já até memorizei de tanto que fiz. Então, vamos nos renovar! E que semana que vem o resultado do ENEM me faça parar de estudar!! rsrs
Sobre o plano de estudos, estou seguindo exatamente o mesmo. Até as apostilas complementares farei usufruto como complemento. A única alteração foi só na Coleção utilizada. Agora é Hexag. E continuemos a estudar!

Todo Vestibulando de Medicina deveria ver esse vídeo antes de prestar o vestibular…

Antes de iniciar, a reflexão que fiz em meu Facebook esses dias: “E ainda me perguntam o porquê da Medicina ter me escolhido… Esse documentário já responde grande parte dessa indagação… Nunca recomendei tanto pra qualquer ser humano que quer entender sua existência um documentário de tamanha finura. A vida é isso… A existência é esse fio, frágil fio, prestes a quebrar antes mesmo do fim, mas aos que conseguem desgastá-lo, vale a pena existir, por mais que doa…”

Salve galera, deixei minha reflexão no dia em que postei esse vídeo em minha página. O título desse post “todo vestibulando de medicina deveria ver esse vídeo antes de prestar o vestibular”, mas, na verdade, todo ser humano devia ver esse vídeo ao menos uma vez na vida. Pra refletir a existência. Nossa vida é isso, como defini, esse frágil fio que vale a pena gastar até o último suspiro. É por isso que escolhi ser médico, obviamente, como tantos outros aqui, temos nossa vontade de realização por “n” fatores, mas poder acompanhar a vida com essa profundidade. Estar presente nos momentos de alegria, de  incerteza ou de fragilidade de uma pessoa, fazer o melhor pra ao menos confortá-la quando não for possível curá-la, é o que me faz amar a possibilidade de viver isso. Pois é algo que temos em comum, todos nós. É o que nos liga, independente de qualquer característica fenotípica. Nós não viemos para ficar. Então, caminharemos e passaremos pelo mesmo estágio. Em momentos é angustiante quando olhamos no espelho e nos damos conta de que existimos nesse momento e nessa realidade, todos nós, mas que toda essa geração que enxergamos ao nosso horizonte. Um dia desaparecerá. Entretanto, o que ameniza a sensação de melancolia é pensar que você tivemos a possibilidade de existir. Saber que dentre tudo o que poderia ter criado consciência, nós criamos. E podemos fazer algo com esse presente chamado vida. Como cuidar de outras vidas,  prolongá-las, estudar o ser humano não apenas em sua mais profunda filosofia, mas também suas estruturas anatômicas e relações fisiológicas, estudar esse mapa complexo humano com todas as suas singularidades, pra cada vez mais continuar o nosso legado como espécie nessa realidade. Um dia saberemos o que vem na ausência da vida, ou não, quando ultrapassarmos essa faixa final. Mas, a única certeza que podemos ter agora  é que a questão ficará aos vivos: o que será que acontece com a nossa consciência no desligamento mais temido por todos nós? Não sei. O que sei é que agora consigo ter consciência do meu peso existencial. Ele é cheio de percalços, mas também, imenso de alegrias. E a maior delas é poder fazer dessa realidade o que escolhi ser: médico. E poder contribuir com a humanidade, fazendo o meu melhor pra cooperar com o nosso desenvolvimento. Deixar sempre heranças mais prósperas aos que estão aqui e aos que receberão esse legado da nossa geração e darão continuidade de onde paramos. Isso é o bem mais precioso da humanidade: continuidade. Foi assim que saímos das cavernas, que aos poucos nos sedentarizamos, e por fim, acumulamos nossos conhecimentos em códigos acessíveis ao diálogo de gerações e vitais à nossa manutenção como espécie. Então, não tenha pressa de passar. Todos nós temos o momento certo, em que atingimos nossa maturidade máxima. Dê-se tempo de preparo. O tempo passa pra mim, pra você que me lê e para qualquer pessoa que te pressiona a driblar o tempo (algo que aparentemente funciona, mas ninguém driblou o tempo). No final, todos envelhecemos, e um dia chegará a nossa vez de partir. Então, não corra com frivolidade. Só faça o seu melhor para chegar integral, com o preparo teórico para o curso, mas, sobretudo, com preparo emocional, pois lidaremos com o bem mais precioso da humanidade: a vida. Se dessa pra resumir tudo o que disse, diria: vejam o documentário! Drauzio Varella é inspirador! Abraços!!

Plano de Estudos – 2018

Salve, galera! Antes de me alongar, aqui o link para Download: Plano de Estudos 2018
Recebi mensagens solicitando que eu disponibilizasse meu plano de estudo para o ano de 2018. Lembrem-se! Caso eu seja aprovado esse ano, paro imediatamente o plano de estudo pra fazer minha matrícula rsrs.
Eu não consigo ficar estagnado, estudar sozinho me deu o benefício de gastar menos energia e ter um rendimento superior ao que tive em 2016. Por isso já vou começar, para na pior das hipóteses, conseguir terminar antes da maioria. E aproveitar a ociosidade pra revisar mais e fazer reparos cruciais antes das provas. Fora que isso é importante pra sobrar tempo em determinados assuntos, e até para não esquecer de nada. Isso me dá a sensação de estar continuando… E não, começando. Começar é uma palavra forte. Eu a não adoto em meu repertório por já ter começado… Lá há alguns anos atrás. Por isso, vou aproveitar e fazer diferente até do que fiz ano passado, que já foi um bom ano. É o que sempre penso: “se quer resultados diferentes, faça diferente”. Não tenho medo de mudar pontualmente o que não surtiu efeito. Meu medo é ter um ano idêntico ao que tive, repleto de estagnação, até filosófica. E sobre críticas… Elas sempre existirão, então, de que adianta me lacrar num invólucro de medos e covardias, se o tempo irá passar pra mim, pra você que lê e até mesmo para o crítico que “teme pela minha reprovação” – oh! Quanto temor… Não, não tenho medo de arriscar. Foi fazendo isso que cheguei até aqui. Foi isso que me fez escolher Medicina, já parou pra pensar que essa é uma profissão em que você precisará fazer escolhas? Na vida, pra tudo, você precisa ter poder de decisão. Precisa pensar por si, seguir seu caminho com suas convicções. Que são mutáveis na medida em que você vive para si, não para opiniões alheias.
Aos que não viram o vídeo que postei, lá eu falei que já iniciei meus estudos de forma gradual, num plano de estudo que elaborei na segunda metade de dezembro de 2017, em que corrigi todos os meus erros e deixei tudo mais flexível e fácil de acompanhar. Como nem todos utilizarão a mesma metodologia que eu, disponibilizei planilhas editáveis, com o mesmo layout, mas sem preenchimento, prontinhas para incluir a metodologia de vocês. Uma das coisas que me atrapalhou na planilha que fiz é que ela vinha com datas. Mas, nem sempre dava pra seguir à risca, então isso foi bem chato, já que tenho sérios problemas com meu T.O.C. quando não dá pra estudar o que propus exatamente no dia em que agendei. Isso foi corrigido na atual planilha. Segui os mesmos moldes da planilha de “31 semanas” do Poliedro. A única diferença é que a minha são 40 semanas. Eu montei com os assuntos do Stoodi, juntamente com a coleção do Hexag (alterei o material). Então é isso, sem delongas… Vou atualizando tudinho conforme os prints.

IMG_20180103_193257894

Meu roteiro agora está dividido em “Semanas”, são ao todo 40. Esse é o da primeira semana, que tem início após o resultado do ENEM, mas que venho estudando gradualmente, de forma bem ponderada, desde terça. Antes disso só estudei poucos tópicos isolados nos últimos dias de dezembro por não aguentar ficar sem fazer nada.

fdfe

Esse é meu cronograma. Não se assustem! No início eu tenho matérias elementares, o que me faz cumprir as obrigações com tranquilidade e sobra tempo, fora que dependendo dos assuntos, ainda tem extras, pra sobrar mais horas livres.

Base Metodológica para 2018:

Minha metodologia para esse ano é bem simples! Para as matérias que exigem maior grau de profundidade, direcionarei mais horas para exercícios escritos. Daí entra a questão do aprofundamento que falei. Montei inclusive uma apostila de questões escritas de Química, Física, Biologia e Matemática. Para outras matérias, as questões escritas farei da coleção do Hexag, e as demais, complementarei com provas escritas que resolverei nesse ano. O método é esse: para as matérias de Química, Física, Biologia e Matemática, farei um dia de conteúdo teórico por vídeo-aula (mais prático, já que não preciso aprofundar muita coisa) com resolução de exercícios de múltipla escolha, sem excessos, daí depois, no dia seguinte retomarei a matéria estudada para apenas resolver exercícios escritos. Elaborei uma apostila de exercícios escritos das provas da FUVEST, UNIFESP, UNICAMP e UNESP, com todos os exercícios separados por conteúdo, utilizei as listas do Grupo Exatas, vocês podem fazer o mesmo caso queiram! Daí, juntei tudo minuciosamente, e essa semana vou encadernar.
Exemplo: em biologia estão listados todos os exercícios discursivos que caíram nas segundas fases da Fuvest, Unesp, Unicamp e Unifesp dos últimos anos. Para abarcar todas as provas que farei, tenho impressas já as provas escritas que prestarei. Daí, engloba tudo. Esse ano minha prioridade é essa, aprofundar. E o motivo é: fui mal no que vou bem, pra corrigir isso é questão de aprofundamento, desse modo, por exemplo, aumentei os dias de História, que foi a matéria que fui mal na Fuvest. Estudarei ela três dias da semana. Um dia História do Brasil (sempre vou bem), e dois dias História Geral (especificamente o que regredi por faltar profundidade). Então, vamos ao próximo print:

IMG_20180103_194412494

Provas escritas separadas por conteúdo, ainda juntas.

IMG_20180103_194458904

Caderno de discursivas para Biologia.

IMG_20180103_194532144

Caderno de discursivas para Química.

IMG_20180103_194631324

Caderno de discursivas para Matemática.

IMG_20180103_195024655

Caderno de discursivas para Física.

Encadernarei essa semana. Estou aproveitando o tempo livre que os assuntos  elementares geram. E mais… Se me perguntarem o porquê de ainda estudar assuntos básicos, minha resposta é óbvia: pra aquecimento, agilidade e reciclagem. Todos nós precisamos disso. Então, nesse momento o negócio é pegar o ego, jogar numa lata de lixo bem próxima e lembrar do famoso “pálido ponto azul” célebre referência a Carl Sagan. Não deixem de ler a reflexão, recomendo!

Das provas impressas, tenho todas as que prestarei. A que mais possui prova é a Fuvest, entretanto, especialmente esse ano, não resolverei algumas provas específicas dela (as que mais resolvi), priorizarei provas inéditas (escritas) e provas de múltipla escolha com formatos parecidos, simulados específicos e provas antigas que ainda não resolvi, ou as que não lembro da resposta. Essa é a parte chata de se resolver prova antiga… Algumas você precisa abolir da lista, porque podem mascarar os resultados (as que você já decorou rsrs).

IMG_20180103_194314809

Essas são as provas que já tenho impressas, provas escritas e de múltipla escolha, conforme for necessitando, imprimirei mais.

SSS

Planilha de desempenho para acompanhar desenvolvimento em provas do ENEM. Ela já monta o gráfico automaticamente.

asasasasa

Planilha de rendimento para outros vestibulares. Tudo nela é apenas exemplo para vocês visualizarem o gráfico.

IMG_20180103_194117963(1)

Organizo tudo em pastas! Utilizo apenas folha de sulfite e saco plástico para armazenar as resoluções dos assuntos estudados.

Bom, minha divisão é feita de forma tradicional.
Exemplo: Uma pasta de Matemática vai só para Álgebra e outros assuntos. E outra para Trigonometria e Geometria. Daí, em cada pasta ficam as folhas de teoria, já em resumo, sempre anoto com poucas informações, só cruciais, pra facilitar a revisão. Dentro da pasta também vai um saco plástico para folhas de sulfite, pra colocar as resoluções de cada capítulo estudado. A metodologia nessa parte vai de cada um de vocês. Eu sigo a que já estou acostumado e sei que tenho um rendimento melhor, por conta da agilidade de execução nessa separação. No meu caso facilita separar por frentes. Álgebra, por exemplo, faz parte da pasta com os assuntos da Frente 1. Uma frente possui X capítulos à serem estudados. Acho mais fácil dessa forma.  O estudo flui melhor. Apesar disso não constar na planilha, faço assim. Porque é intuitivo. Já estou acostumado. Quem quiser pode seguir a separação que achar mais conveniente. O importante é se preocupar mais em estudar, e não quebrar tanto a cabeça perdido nos métodos. O que for mais prático, é o seu método…rsrs


Fiz uma alteração no material que utilizo no Plano de Estudos. Vi que era mais vantajoso utilizar uma apostila diferente esse ano. Que trouxesse o direcionamento que eu precisava. Pesquisando materiais no início dessa semana, eis que visualizo a mais completa para utilizar com o plano que montei, é a que mais converge com ele. Pra quem estiver curioso é a Coleção do cursinho Hexag. E justificarei o porquê de utilizá-la…

Motivos que me fizeram optar pela coleção do Hexag:

  • Teoria aprofundada e atualizada. Fiquei bem animado com o nível de aprofundamento, a abordagem mais clara dos assuntos (sem enfadonha enrolação) e a constante busca de um ensino atual e interdisciplinar, que condiz com o que os vestibulares estão cobrando. Fora que eles deixam várias sugestões de vídeos complemento no final de cada módulo.
  • Exercícios orientados e atualizados. Achei de fato um grande diferencial e que me fez optar pelo material deles. O grande problema que encontro nas apostilas que vejo dos outros cursinhos, inclusive a que iria utilizar novamente do Objetivo, é que muitos exercícios são desatualizados, não caem mais exatamente da forma que elas estão trazendo. E outra, a mistura de exercícios desagrada quem quer direcionar os estudos aos principais vestibulares de Medicina. A grande vantagem da apostila do Hexag (e quem usou sabe) é que eles trazem tudo muito organizado. Você tem exercícios orientados por sessão de Aprendizagem, Fixação, Complementar, Dissertativo, Enem, Uerj e Objetivas (Unesp, Fuvest, Unicamp e Unifesp). Isso me surpreendeu positivamente. Eu buscava um material organizado desse jeito. E nem imaginava que era disponibilizado gratuitamente. O Hexag tem um projeto social para vestibulandos de baixa renda que querem ingressar no curso de Medicina, mas que não possuem condições de fazer um cursinho presencial (ressalvo que eles também oferecem prova de bolsa pra quem se interessar), no site há a distribuição desse material com todo o roteiro de aprendizagem, com os simulados, calendário, cronograma, estudo orientado, apostilas complementares, apostila UTI (para revisão dos dois últimos cadernos estudados), atualidades, análise de obras literárias e RPA (apostila específica para as principais provas, com exercícios apenas destas). Fiquei maravilhado e já comecei a utilizar a coleção deles na terça-feira. Para os assuntos que já estudei, só fiz os exercícios do que faltava por ela e cheguei a ver a teoria de assuntos específicos. Fiquei maravilhado com a coleção deles. E por esse motivo acharia injusto não dizer para vocês da qualidade desse material. É, desse modo, o que mais recomendo! Existem outros materiais que serão postados ao longo do ano que eles utilizam no cursinho presencial, tal como a renovação dos simulados, RPA, etc… E vocês podem baixar tudo no site deles, no campo Hexag Solidário, é só clicar no nome lincado.
    Quem quiser saber mais, é só entrar no site deles: http://www.cursinhoparamedicina.com.br/
    Não estou recebendo nada para fazer propaganda. É que quando vejo algo de qualidade exímia como esse conteúdo, acho válido compartilhar. Já que muita gente aqui precisa desses materiais.


Considerações Finais

Então é isso gente. Espero que não tenha que passar mais um ano sufocante estudando, mas, se não passar, não há outro jeito. E sobre as provas, não constam no horário porque farei no turno do serviço. Trabalho de madrugada (das 23h40 às 5h10)  e não tem o que fazer. É bem parado, as provas chegam a ser uma distração do tédio…rs
Sobre o plano, só sigam se for condizente, ou se adaptarem à realidade de vocês, por isso deixei a planilha livre, pra criarem o de vocês. Não quero coagir ninguém a usar Stoodi, nem convencer de apostila disso, daquilo, nada… Eu sigo o que dá certo pra mim, é o que vocês precisam fazer pra vocês. Flexibilidade é tudo. Especialmente quando ela leva em consideração todos os seus picos e declives, toda a sua especificidade. Então, boa sorte nos resultados, que não precisemos estudar mais. Caso estudem, só iniciem quando se sentirem descansados, é assim que me sinto, por isso já iniciei!!! Quem for imprimir a imagem do plano de estudos, pra ter as semanas em folhas físicas (em caso de ser exatamente o que achou melhor), é só redimensionar na hora de imprimir, a imagem dá a opção de ajustar na hora da impressão! Quem for criar um na planilha em branco, vai ter que fazer isso em cada semana, selecionar só a parte preenchida, colar no “paint”, e salvar como imagem. Talvez tenha que recortar num programa de edição de fotos, dependendo de como você salvar, daí é só imprimir e ajustar também! Espero que eu não precise ir até o final desse plano, que dê tudo certo em Janeiro. Mas, se não der.. Que seja um ano maravilhoso! Pra todos nós. Abraços!